20 de fevereiro de 2009

Mais um "Paço" para o Tetra...

Vencemos, somando os 3 pontos, desiderato mais importante. A exibição, q.b., permitiu a manutenção do primeiro posto. Amanhã, com tempo [coisa que me tem faltado, cada vez mais], esmiuçarei a exibição azul e branca.

Para a história, fica mais uma inenarrável locução da partida, com comentários parciais, venenosos, mesquinhos, de uma doentia facciosidade, mostrando que a posição cimeira preocupa, de que que maneira, muita gente. Como cereja no topo do bolo, a expressão "cândida" de que "esta jogada do Paços merecia golo". Pois. Mas olhem para o meu dedo do meio, bem erecto para vocês, escumalha. Soletrem:

C.H.U.P.E.M.

2 comentários:

Anónimo disse...

21-02-2009 LABAREDAS

Dúvidas monocromáticas

Hulk é bloqueado e Cissokho abalroado. O árbitro não detecta infracções e os comentadores televisivos aplaudem. Nada de especial, asseguram. Mais tarde, o «Incrível» é rasteirado e a lógica invertida. O juiz vê, toda a gente vê. Grande penalidade. Agora, contudo, nascem dúvidas na certeza. Polémico, alvitram. O Labaredas já percebeu a «coerência»: Quando é a favor do F.C. Porto é sempre melhor colocar em causa. Fica bem, convencem-se.

As imagens que lhes despertam hesitações são as mesmas que suportam as análises nos jornais de hoje. Os interessados podem ler que a equipa de arbitragem actuou com acerto. Eu deixava seguir o lance. O Labaredas volta a sorrir ao recordar o amuo dos comentadores, cerrando os olhos à evidência: Houve ou não benefício directo de uma ilegalidade? Que não, que o Paços merecia um golo, que a decisão é questionável. Enfim…

AZUL DRAGÃO disse...

Anti-portismo primário !
São uma data de imbecis !


Mas a culpa não é deles .
É das mãezinhas !