30 de julho de 2008

Pareceres há muitos, ó palerma!

Numa das minhas aparições por aqui, cada vez mais raras, faço uma declaração de princípios: estou com saudades do futebol. Daquele dentro do relvado. Jogado com bola. E onde, geralmente, ganham os de azul e branco.

O defeso foi atípico. Continuou a fazer jus ao epíteto de "silly season", mas deita feita ultrapassou os princípios morais inabaláveis. Perdi a conta há quantidade de vezes que o Benfica e Guimarães se queixaram à UEFA, com pareceres, análises jurídicas, opiniões doutas e um nunca mais acabar de artilharia, visando apenas a participação desesperada na Champions. Um afã digno de registo e, provavelmente, a merecer uns sorrisos de beneplácito por parte dos homens do organismo que rege o futebol europeu. O desespero, muitas vezes, tolda o raciocínio. "No away", terão murmurado os quadros da UEFA, ao verem esta semana novos faxes provenientes deste cantinho à beira-mar plantado, procurando o pote de ouro atrás do arco-íris. A resposta foi a mesma. Rotundo NÃO. Champions, para alguns, é mesmo pela TV. Era bom que se mentalizassem...

Quanto ao resto, nada de novo. O terramoto provocado pelas declarações de João Moutinho, aparentemente, não cessou. Alguns proclamam contra estes novos tempos do futebol moderno, bradando contra o "mercado selvagem". Não percebo. Os clubes, que eu saiba, encontram-se devidamente protegidos destas diatribes dos ídolos de pés de barro. Escorados em regulamentos e leis que, pesem as imbecilidades proferidas por Blatter, são válidas, podem perfeitamente arcar com os amuos de vedetas precoces, aparentemente incapazes de honrarem a pópria palavra. É só obrigá-los a cumprir o que foi lavrado em contrato. Não se deixando embarcar em aventuras onde o vil metal acaba sempre por falar mais alto.

No Porto, o braço-de-ferro para a saída de Quaresma continua. As negociações arrastam-se, num jogo de paciência em que nenhum dos contendores dá mostras de desistir. Seria crucial uma rápida resolução. Ou sim ou sopas. Jesualdo deverá ter, à sua disposição, o plantel completo, para poder trabalhar com o reconhecido profissionalismo. O "Mustang", esse, vai-se pavoneando nos arredores do Dragão, com o seu habitual ar enjoado, como se planasse acima do comum dos mortais. Um curso intensivo de humildade, antes de embarcar para Itália, seria o recomendável.

A pré-temporada é cada vez mais levada a sério. O derby da 2ª circular, desviado para solo algarvio, redundou em cenas de pancadaria, com a polícia de choque a poder também ela praticar para jogos mais a sério. Do rescaldo da batalha campal, fica apenas a nota de branqueamento dos me[r]dia do costume. Fosse numa área de serviço e os trolls vestissem outras cores, teríamos direito a artigos inflamados. Ou imagens em directo. Nada como os brandos costumes deste País a banhos para a situação ser cirurgicamente apagada da memória.

Pelas loas ouvidas e lidas nesta semana, o País prepara-se para substituir Maria José Morgado da tutelar figura de paladina. A armadura do novo defensor dos pobres e oprimidos, necessitando de alguns arranjos estéticos, terá agora o anafado Freitas como figura consensual. Bastou um parecer para que a simpatia pelo bonacheirão político atingisse o ponto de ebulição. Um parecer, acrescento eu, encomendado. E que não deixa de ser um parecer. Uma mera opinião. Por "coincidência", contrária a de muitos outros ilustres juristas. Que o diga à UEFA. Que mandou às malvas o parecer. Faltou apenas, provavelmente pela educação esmerada dos ditos cujos, que mandassem os seus autores "meter o parecer no..."

ps: O Hulk ainda não marca. Mas já treina. E dá entrevistas. Não sei se isso é abonatório.


7 comentários:

Tiago Araújo disse...

Vámos ver o que é que o Hulk vale, ele é o herói da BD!!!

visitem e comentem

http://www.campeoesfcporto.blogspot.com

PS: E ainda não disseram nada sobre o Quaresma!!!???

Aguardemos

simplesmenteportista disse...

Espero que para já lhe calhe um dos peixes graúdos no sorteio....
Depois espero igualmente que lhes possamos dar uma ajuda a manda-los para a Liga Vitalis....

AZUL DRAGÃO disse...

Venha de lá , então , o futebol !



Abraço

Tiago Araújo disse...

Pois é como disse no meu blogue caro amigo Paulo Pereira, vámos ver se o Hulk continua a ser tão forte como na BD.
Esperemos para ver.

visitem

http://www.campeoesfcporto.blogspot.com

Anónimo disse...

segundo o jornal "o crime" a federação pagou pelo parecer do freitas a bonita quantia de 65 mil euros.
Servicinho bem pago, ó colega...
Amorim

lucho disse...

Caro amigo Paulo Pereira

Mais uma história de encantar;)

Na verdade este teu texto traduz na perfeição o ódio de estimação q a classe jornalística tem ao nosso Clube. A imparcialidade, falta de dignidade, o ódio, a subserviência da maior parte da imprensa ao clube do pó branco incomoda-me seriamente mas já deveria estar habituado não?

Parabéns. És o ÁS de trunfo deste blog.

ZÉ Delgado não estou a ver...É o Tone, o rato, o Culatra ou o Bino?

dragao vila pouca disse...

Paulo o Hulk vai surpeender-te, deixa o moço falar.
A Mizé vai investigar, a pedido do P.G.R.a reunião do C,Justiça.Eu já estou a adivinhar as conclusões.
O Quaresma não sai, o pai não morre, nem a gente janta.
Um abraço