12 de maio de 2008

Manda quem pode...

...obedece quem tem juízo. Rui Patrício? Petit? Miguel Veloso?

Posso perceber pouco disto, mas 3 jogadores medianos, sem nada de relevante feito esta temporada desportiva [a não ser que os frangos momunentais do guardião leonino contem para alguma coisa] a merecerem o beneplácito de uma convocatória para o maior evento de Selecções do Velho Continente, deixa-me siderado. Siderado e preocupado...

Já agora, entrega o lugar de ponta-de-lança a esse portento de codícia pela baliza adversária que se chama Nuno Gomes. Parece que estou noutra dimensão. Como é que era mesmo a música do "Twilight Zone"?

8 comentários:

AZUL DRAGÃO disse...

Paulo :

O Veloso ...vá lá...

Agora... o Nuno Gomes , o Rui Patrício e o Petit ?

Este Sr Scolari por mais que faça não me consegue surpreender !

Anónimo disse...

As decisões estão tomadas e há que respeitá-las. Pessoalmente preferia ver Carlos Martins (médio goleador em Espanha) ou Maniche (decisivo nas fases finais) do que Petit (médio fraco em Portugal). Depois puxando a brasa à minha sardinha, Tonel merecia um lugar pelas excelentes épocas que vem realizando e Djaló traria outras soluções de mobilidade que os lentos Almeida, Postiga e Gomes.

Paulo Pereira disse...

Djálo?

Bem, acho que um dos pontos fracos da Selecção é precisamente a frente de ataque. Mas quem? Djálo?

P-e-l-o-a-m-o-r-d-e-d-e-u-s!

dragao vila pouca disse...

Oxalá o Postiga engate um grande Euro, para virem os Euros.
Rui Patrício é tão fraquinho...
O resto acho que falta o Caneira.
Um abraço

Dragaoatento disse...

De acordo. Mas que se há-de fazer, o Scolari é, quero mando e posso.
Entretanto gostava de dar relevo a algo publicado sobre a decisão da CD da Liga :

JORGE MAIA

A época 2003/04 terminou há quatro anos. Não foi exactamente ontem - ainda que o desfecho tenha sido semelhante - mas também não foi há uma eternidade. Não foi certamente há tempo suficiente para que seja possível esquecer a forma clara e indiscutível como o FC Porto venceu o campeonato, com a mesma formação que acabaria por se sagrar campeã europeia e mundial e que ainda forneceria à Selecção Nacional a base sobre a qual Scolari construiria a equipa que discutiu o título europeu com a Grécia. Mourinho, Vítor Baía, Paulo Ferreira, Ricardo Carvalho, Jorge Costa, Nuno Valente, Costinha, Maniche, Deco, Alenitchev, Derlei e McCarthy nunca precisaram de batota para ganhar e muito menos para empatar, por muito que muitos queiram acreditar no contrário.
Há quem considere que o presidente da Comissão Disciplinar da Liga, Ricardo Costa, foi extremamente corajoso ao sancionar severa e exemplarmente o FC Porto e o Boavista no âmbito do processo Apito Final. Discordo. No ambiente actual, corajoso seria fazer o contrário. Bastaria fazer o exercício de contar o número de opiniões favoráveis à posição da CD da Liga e virá-las do avesso para perceber o que esperaria Ricardo Costa se tivesse a coragem de decidir de forma diferente. Aliás, algumas dessas opiniões vão mais longe, avisando o Conselho de Justiça da FPF de que é fundamental não recuar. De facto, seria preciso muita coragem para o fazer…


LOCAL PRÓPRIO

"Fizemos o nosso trabalho no relvado"


Pedro Emanuel, sobre a decisão da CD da Liga

Anónimo disse...

concordo com a critica aos dois primeiros....com o nulo gomes no mesmo saco, mas quem é que sugerias para o lugar do veloso??
e sem facciosismos!!

Paulo Pereira disse...

Sem facciosismos, não estará em causa a qualidade de Miguel Veloso, mas sim a pouco regular época feita pelo médio leonino...

Para o seu lugar, apesar do nome ser altamente polémico, pelos motivos k enunciei para o M.Veloso, o Maniche...

Podem argumentar que o médio luso efectuou uma péssima temporada. Têm razão. Mas é um jogador de grandes momentos, capaz de efectuar um belo Euro...

Carlos Martins, pese o facto de achar que é um jogador altamente irregular. Apesar de jogar no aflito Huelva, conseguiu aliar às boas críticas da exigente imprensa espanhola um razoável (para um médio)número de golos...

E sim, concordo contigo em relação ao N.Gomes. Confrangedor quando o compadrio na Selecção chega a estes limites...

Não deixando ninguém de fora: Postiga. Proscrito no Porto, incapaz de se impor no Pana, acaba a temporada lesionado. Tem, mesmo assim, um lugar cativo. Não se percebe...

A lista de 23 deveria ser algo consensual, com um ou outro foco de polémica, mas neste caso sentimos que só mudam mesmo as moscas...

Dragaoatento disse...

Olá Paulo!

Afino pelo teu diapasão.
E então agora o "prós e contras"?!
Admiro-me que não tenhas dito nada sobre o que se passou no programa!

Abraço,

A.Monteiro