9 de março de 2008

Depois da tempestade...a bonança!

BWIN LIGA - 22.ª JORNADA

FC PORTO, 1 -ACADÉMICA, 0
[quaresma]

Estádio do Dragão, no Porto
Hora: 19:00
Árbitro: Cosme Machado (Braga)

FC PORTO:Helton, Fucile, Pedro Emanuel, Bruno Alves e Cech; Paulo Assunção, Raul Meireles e Lucho González; Tarik, Lisandro López e Quaresma
Suplentes: Nuno, João Paulo, Lino, Kazmierczak, Mariano, Farías e Adriano
Treinador: Jesualdo Ferreira

Se eu fosse Paulo Bento [não sou e tenho melhor gosto no corte de cabelo] diria que o jogo de hoje no Dragão foi gerido com...tranquilidade. Jogado sob o espectro da recente e dolorosa eliminação na Champions, existia alguma curiosidade em saber como os jogadores portistas iriam reagir ao desaire...

Reagiram bem. Sem deslumbrar, com o carburador a meio gás, mas dando sempre a sensação de que o golo surgiria, para materializar o ascendente, surgido logo após o 1º minuto. O adversário, sem ser uma pêra doce, não era um bicho de sete cabeças. Numa posição algo incómoda, com alguns jogadores tecnicamente evoluídos, mas sem conseguirem criar sobressaltos de maior ao último reduto azul e branco...

Confesso que vi o jogo de forma algo apática. Sejamos sinceros. O tri é uma questão de semanas. Apenas nos separa da consagração a matemática. O sonho era a Champions. Essa prova mítica, onde apenas a elite tem acesso. Bela e fascinante, capaz de nos hipnotizar com os jogos, mas cruel e caprichosa, quando as derrotas doem na alma...

Esta, frente ao Schalke, deixou-me abalado. Pareço um paciente a recuperar de um qualquer trauma psicológico. Lentamente. Onde nada parece ter encanto...

Sendo um pró-forma, o jogo foi também gerido dessa forma. Nada de equívocos. Não faltou abnegação e empenho. Nada de sobrehumano, mas a raça estava lá. Mas o jogo foi algo sensaborão. Ou então é impressão minha...

Mas parece-me demasiado Porto para esta Superliga, feita de jogos medianos e adversários medíocres. Como se fossemos um corpo estranho. Estamos a mais. Isso é notório. É a nossa sina. Jogar por aqui. É que o nosso campeonato, a Champions, só começa lá para Setembro. Vêem porque é que eu estou depressivo?

Ah, quase que me esquecia de falar alguma coisa sobre o embate de hoje. Pois. Ganhamos. Bem. Tivemos poucas oportunidades de golo, à excepção dos últimos 5 minutos. Não me lembro de um jogo no Dragão com tão poucas, da nossa parte. Ninguém sobressaíu da letargia reinante. Lucho jogou quanto baste, com um ou outro passe de qualidade galáctica. Lisandro correu, procurou a bola, rematou. Mas não marcou. Quaresma foi ele próprio. Fez fintas, cruzou, complicou. E marcou. O 5º da temporada. Com a cumplicidade de Pedro Roma. Levou também um amarelo. O 7º da época. É o mais "galardoado" do plantel. Vêem que não houve mesmo novidades?

Aliás, rectifico. Quaresma foi substituído aos 80 minutos. Por Mariano. Para a standing ovation. Ou, como se diz em bom português, para a saraivada de palmas. O público correspondeu. Menos mal. E, na imensa monotonia, a defesa não adormeceu. A Briosa limitou-se a fazer cócegas. Como se sabe, não é o mais indicado quando se pretende caçar Dragões.

Na gestão do plantel, Paulo Assunção não tem lugar. Joga. Joga sempre. Viu um amarelo. Justo. Não joga em Matosinhos. E também não renovou, ainda, o contrato. Mariano optou por uma forma diferente de procurar renovar o vínculo profissional com os azuis e brancos. Entrou aos 80 e foi expulso aos 90. Justamente. Pontapeasse ele assim a bola, como pontapeou as pernas do opositor, e já teria a assinatura reconhecida notarialmente, para a permanência definitiva no plantel.

O melhor momento do jogo, à falta de jogadas espectaculares, foi mesmo o pós golo. Aquele momento da celebração. Deixou-me dividido. Entre o sorriso benevolente e a irritação latente. Foi à Cantona. Para quem não sabe, não se comemora. Levanta-se a gola. Olha-se, num misto de desdém e arrogância, para o público. Que rejubila nas bancadas. Mas, génio como Cantona existem muito poucos. Em território nacional, não conheço nenhum...

10 comentários:

Dragaopentacampeao disse...

Jogo feio e desinteressante.
Ganhamos o mais importante, os três pontos, que nos coloca, na contagem decrescente, a dez pontos do objectivo.

Nada mau.

Mas que foi fraquinho, lá isso foi.

Não gosto destas exibições. Fazem-me lembrar equipas sem ambição.

Até ao fim não devemos ser caricatura. Temos de ser o Dragão, a máquina de triturar.

Que os atletas olhem para os próximos adversários e imaginem os Manchesters, os Inters, os Bayerns... se não, vai ser penoso!

Anónimo disse...

A TSF a fazer um forum de debate sobre as crises dos "grandes" da capital.
O q se faz para não se ter de falar da grandeza do FCPORTO...
AMORIM

dragao vila pouca disse...

Era difícil pedir mais, depois daquela noite terrível de quarta-feira, mesmo assim foi uma vitória justa e que nunca esteve em causa.
Como motivar a Nação portista para o resto da época? É o desafio que se coloca a todos: técnicos, jogadores, adeptos e Sad. Queremos e merecemos festa, principalmento nos jogos do Dragão.
Um abraço

Dragaoatento disse...

Antes de mais quero dizer-lhe que compreendo e partilho dos seus sentimentos ácerca da eliminatória da Champios League.
Quanto à análise sobre o FCP x Académica, permita-me discordar n'alguns aspectos.Para mim foi um jogo em que a nossa equipa não deixou jogar os estudantes.E tivemos inclusivamente oportunidade de marcar mais um ou dois golos.
Também acho que o "sr.cosme" (revelou ser um anti-FCP primário) foi excessivo na amostragem do cartão vermelho ao Mariano.Amigo!O adversário quase nem sentiu.Aliás nem fez o habitual teatro nestas circunstâncias.Mais! Se quiser dar-se ao trabalho de ler o jogo d'hoje...aquela entrada sobre o Lucho doeu muito mais de certeza.
Sobre esta equipa do FCP, o que acho é que lhe faz falta o aproveitamento pelo menos aí a uns 80 a 90% dos lances de bola parada.Os tais pequenos detalhes em que as equipas famosas são eficazes.

Ta_8 disse...

Concordo com o comentario acima... Bem sei que ser postista é pedir mais em todos os jogos. Mas possas, jogou com excepçao de Cech o onze inicial de quarta. Que jogaram na sua maioria 120 minutos de futebol puro e duro no maximo. Este jogo era tipo alongamentos no fim de um treino. Foi um passeio sem sobressaltos. Para ganhar 3 pontos fizemos quanto baste. Via.se o desgaste de quem jogou, e mesmo assim deram o que tinham que ontem acredito que nao fosse muito. E convenhamos, ontem eu nao ouvi os SD ou se ouvi foi mais no fim do jogo. Quer dizer, deixaram os adeptos da briosa cantar o jogo todo. Pah nao ha vontade pa puxar pela equipa agora que nao estamos na Champions? Bolas eu tambem acho que o nosso Campeonato é esse, mas esse agora so em Setembro, vao ser os jogos todos caladinhos por estarmos de volta às competuçoes internas? Agora vamos ficar a remoer? Foi triste, custou pa caralho foi uma desilusao tremenda mas ha mais alem da Champions. Desculpem mas somos para sempre, seja na Champions ou no cameponato. E ontem fiquei mais chateada com a "falta" de dragões nas bancadas do que com o jogo no campo. Eu bem que comecei varias vezes a cantar mas alem de me mandarem calar ainda por cima ninguem me acompanhava.

Quanto ao golo, Quaresma tinha de se redimir daquele falhanço. Nao é o mesmo tipo de jogo mas pronto. Tava com o feeling que ontem ele marcava... Marcou, entrou o publico aplaudiu, fez um bom jogo, claro com as merdinhas do costume, foi aplaudido, agradeceu os aplausos. Pah como digo ontem nao pedia muito mais.

Expulsao de Mariano? So nao viu que foi exagerado quem tivesse mal posicionado. Entao depois de Lito ter visto so um amarelo numa falta ao Comandante antes, por favor, ou agora toda a gente quer ser igual ao filho da puta do bife de quarta e fazer expulsoes estupidas? Pffff...

Este post soou.me a falta de espirito, nao sei mas acho que a cabeça ta erguida e ainda existe outros jogos pa jogar, um campeonato pa tornar matematicamente possivel e uma taça de portugal pa ganhar e a meia final vai ser puxada. Pa, é bola pa frente Carago! Somos melhoreS? Pois somos. Somos doutro campeonato? Pois somos. E agora saimos da champions ijustamente?Claro, mas tamos ca é pa ser PORTO na riqueza e na pobreza na vitoria e na derrota. Isto é casamento catolico sem divorcio por favor!

PORTO ALLEZ!

Beijinhos azuis e brancos da Ta_8

http://www.bullet-blue-sky.blogspot.com

Paulo Pereira disse...

Olá a todos,

Ta_8, essa do falta de espírito ficou-me entalada. Falta de espírito pk me atrevo a dizer o k vai na alma? Ou pk, vejam lá, penso um pouquinho mais do k o habitual apego clubista, k a todos cega?

Desculpa lá, mas lições de portismo não levo de ninguém. Não existe, nem poderia existir, um divórcio do k quer k seja. O Porto está entranhado, na minha vida, indissociável do que quer k seja...

O k não significa k tenha k debitar as tolices costumeiras, como essa do Mariano ter sido mal expulso. Não foi. E as imagens comprovam-no...

Sempre estive com a equipa, nos bons e maus momentos, por isso, se existia alguma mensagem subliminar no teu comentário...

Dragaoatento disse...

Amigo Paulo Pereira!
Permita-me que o trate assim.
O facto de voltar a insistir em comentar a expulsão do Mariano é porque não consigo aceitar a sua opinião de que foi justa. Pois se até nos ex-árbitros que analisam os lances do jogo não existe unanimidade, como é que o Paulo sendo um incondicional Dragão consegue ser tão peremptório!
Para mim o tal "cosme" foi excessivamente rigoroso e revelou ter preconceitos anti-FCP sim.Houve durante o jogo outras entradas bem mais graves,quanto a mim mais passivas de expulsão...

Paulo Pereira disse...

Amigo Dragão Atento,

É isso k tb faz a grandeza do nosso clube. A pluralidade de opinião. Sim, sou peremptório, não confundindo a minha certeza com um dogma. A mim, friso, pareceu-me lance para expulsão....

Mas parece-me k estar a referir o lance, ocorrido aos 91' de um jogo k vencemos, é como estar a discutir o sexo dos anjos...

Abraço,

Anónimo disse...

nem é por ser do Porto, mas até considero o Quaresma melhor jogador q o Cantona...
Amorim

Anónimo disse...

bom comeco