21 de agosto de 2007

Lá por fora - a bola é redonda...mas rola melhor


Análise dos resultados, por Pedro Oliveira




Confesso que esta semana, e a título extraordinário, estive para alterar o nome a esta coluna de opinião. É que para algumas grandes equipas, este fim de semana a bola rolou FRANCAMENTE MAL!!!

Desde logo para o Mourinho de Àfrica (também conhecido como Manuel José, aspirante a seleccionador nacional), que foi copiosamente batido por 3 secos, num jogo a contar para a Champions Africana! Onde as coisas também deram para o torto foi em Milão, com o Inter a perder a Supertaça para a Roma… Para mim, é apenas a confirmação de que ter uma equipa recheada de grandes jogadores ajuda mas não chega…o treinador também tem que ser bom… e Mancini não é. Acredito que a temporada se encarregará de mostrar isso a Moratti… o tal que chegou a sondar Mourinho, mas que como foi campeão (ainda que num campeonato em que nem todos começaram com 0 pontos) não teve coragem de despedir Mancini.

E que dizer do Real Madrid??? Levar uma “manita” como dizem os espanhóis, ainda por cima em casa! Em Madrid vivem-se horas de angústia… principalmente o pobre treinador… que como ele próprio afirmou, “faz o que pode… com os jogadores que tem.”Ainda havemos de ver Jorge Jesus a ser apresentado no Bernabéu como novo treinador dos Galáticos. Eh eh eh – ou então não, mas que o homem se deve andar a rir às custas do treinador alemão, lá isso deve.

Onde o ambiente não deve andar muito bom é em Lyon, onde o Olympique local está a protagonizar um início de campeonato verdadeiramente desastroso! Em 3 jogos, 2 derrotas e apenas 1 vitória… Vida difícil para o novo treinador Alain Perrin. Diga-se que a época não está a ser nada fácil para os Hexa-Campeões, depois de verem sair alguns jogadores importantes, ficaram esta semana sem Cris, 1 dos centrais titulares… se a isso juntarmos o retirar da braçadeira de capitão a Juninho (o jogador mais influente), podemos concluir que o ambiente não deve andar grande coisa.

E por falar em maus começos… que dizer do Manchester United? 3 jogos, 2 empates, 1 derrota, encontram-se já a 5 pontos do principal rival… E se virmos bem… Apesar do dinheiro gasto, as mudanças na equipa não foram muitas, o 11 assenta na equipa titular da época passada, mas os resultados não correspondem ao investimento feito. Ontem não tiveram a pontinha de sorte que às vezes faz a diferença, mas…
A minha principal curiosidade em relação ao Man Utd, neste momento, é saber quando é que Sir Alex se decide a apostar em Anderson… Quanto a mim, já tarda!

Bem, obviamente, para estes serem o destaque pela negativa, haverá outros que se andam a destacar pela positiva… e neste fim-de-semana os destaques vão inteirinhos para:
O Sevilha (e Kanouté, autor de 3 golos) – ir a Madrid marcar 5 não está ao alcance de todos. Mesmo que tenha sido com a ajuda do árbitro, como Schuster tentou justificar. Sem grandes loucuras, o Sevilha vai construindo uma equipa fortíssima. São candidatos ao título.
A Roma - ganhar a Supertaça ao Inter já era motivo suficiente para destaque (apesar de ser Mancini o treinador do Inter), mas fazê-lo em Milão dá-lhe aquele “toque” extra!

Manchester City – Ao fim de 3 jornadas, lidera a fortíssima liga inglesa, apesar de ter tido aquela pontinha de sorte que terá faltado ao United, o que é certo é que também jogou com algumas limitações. A título de exemplo, basta referir que estão a iniciar a época com o 3º guarda-redes como titular! E Kasper Schmeichel tem dado bem conta do recado! E Svennis lá vai mostrando aos ingleses que percebe muito mais de futebol do que aquilo que eles pensam! Destaque também no Man City para o grande arranque de temporada que, a título individual, vai fazendo Micah Richards! Quanto tempo mais conseguirão segurá-lo?

Ajax – Um arranque em grande na 1ª jornada do campeonato Laranja. Uma vitória fora por 8-1, com Huntelaar a ser o artilheiro de serviço marcando 4! Chegou a estar nos planos do Man Utd no defeso…. É um diamante em bruto – não há falta de grandes artilheiros cá em Portugal? PSV, AZ e Feyenoord também fizeram a sua obrigação e todos venceram na estreia.

Bayern Munich – Continuam a sua caminhada imparável rumo ao título germânico. Desta vez a vítima foi o Werder Bremen, cilindrado em casa com 4 golos sem resposta! Confirma-se o que se adivinhava no início de época, este Bayern está fortíssimo! A pergunta que eu deixo é, haverá quem lhes faça frente nas competições internas? E na Champions?

Em relação aos restantes encontros ingleses, realce para a 1ª vitória da época para o Tottenham, a derrota do Everton em Reading, o empate do Arsenal fora com o Blackburn graças a um MONUMENTAL (veja aqui) frango do seu guarda-redes, e também para o empate que o Chelsea conseguiu trazer de Liverpool. Pessoalmente, devo confessar que não gostei do jogo do Chelsea, chegam ao empate graças a um penalty no mínimo duvidoso, jogaram pouco e… para quem se admira por terem sofrido golos em todos os jogos… meus amigos tenho 2 palavras para vocês: Ben Haim!!!! Ó pá, MAS QUEM É QUE TE TROUXE?????? Que raio de jogador é este???? No Chelsea???? Parafraseando um amigo meu, até o Geraldo, irmão do Bruno Alves, é melhor que este tamanco!!!! Até a reclamar com o árbitro o gajo parece tolinho!!!! – A bater com as mãos na cabeça!!!
E foi assim o fim de semana lá por fora… 4ª feira temos as selecções em acção, se o “dono” do blog quiser, na 5ª falaremos disso!

Até lá!

8 comentários:

Paulo Pereira disse...

Só me faltavas tu a falar mal desse grande central do Chelsea, o Ben-Haim:)
Bem, ele não é assim tão mau como o pintas. Foi mal batido, é certo, no lance do golo, mas é útil à equipa. Ponto. Não fosse ele uma escolha do Special One...

BRUNO ROCHA disse...

Oh Paulo e desde quando jogador só por ser escolha de mourinho é mais jogador...no minimo é mais caro por ir para o Chelsea....Centrais como o ben-haim temos por cá as paletes..até o anderson do benfica faria melhor...
Abraços....

Bruno Pinto disse...

Foi, de facto, um fim-de-semana internacional recheado de acontecimentos.
A vitória do Sevilha no Bernabéu foi estrondosa, com três golos de Kanouté, esse avançado que, sem ser uma superstar, tem um rendimento espectacular. Por falar em rendimento espectacular, Huntelaar soma e segue, será dentro de 2/3 anos um dos 3 melhores 'strikers' do mundo.
Em Inglaterra, que dizer? O Manchester continua a escorregar e a coisa não parece estar fácil. Nani continua a realizar excelentes exibições, valho-nos ao menos isso! O grande Chelsea também não me convenceu ainda, mas já está a 5 pontos do M.U. Imaginem se começam a convencer... Continuo na minha desde o defeso: este ano vai dar Chelsea, vai dar Special One. Só um apontamento: esteve mal Mourinho a comentar o trabalho do árbitro. O penalty é patético, não houve falta nenhuma. Defender o seu clube, tudo bem, mas sem cair no ridículo, por favor.

Abraço.

Paulo Pereira disse...

Bruno, não querendo por em causa a tua sapiência futebolística, qd me referi à escolha do Ben-Haim pelo Mourinho fi-lo com alguma ironia. Afinal, o Mourinho é como o Cavaco, nunca se engana, certo?

ps: Mas continuo a defender a minha dama. É daqueles jogadores raçudos, k o Mourinho gosta. Tem experiência de Premier League, não compromete muito (se jogasse cá em Portugal, no clube k sabemos, era logo endeusado pela crítica, basta ver o caso do Luisão, sistematicamente humilhado pelo Liedson)e veio suprir, a custo zero, uma das carências do Chelsea...

tiago pimentel disse...

O campeonato holandês, como se vê, terá pouca competitividade, apenas com o AZ, PSV, Ajax e o Feyenoord a serem equipas com qualidade. Mesmo assim, os 4 golos do Huntellar, que Adriaanse quis trazer para o Porto, merecem destaque. Na Alemanha, a pergunta é: quem conseguirá parar o Bayern? Grande equipa construida sem muito alarido, com avançados fantáticos e a colocarm os outros rivais muito longe, logo no inicio dem época. O Schuster vai provocar saudades do Capello, nos ingatos adeptos do Real. Grande Sevilha, com 5 títulos, 3 internacionais,em apenas 15 meses. Sabem quem anda aziado com isto tudo? os adeptos do Betis, k até pediram a Seera Ferrer, treinador do AEK, adversário do Sevilha na Champs, k os vencesse.

Em Inglaterra, vai ser uma grande luta. O Manchester ainda não está fora, mas tb acho estranho a ausencia do Anderson. Gostei sobretudo do Liverpool.

Qt à "polémica", sinceramente, acho k o novo reforço, Alex, é bem melhor do k o israelita.

Abraço,

carlos soares disse...

Ainda não começou em Espanha, para ver a máquina do Barça em acção, mas parece-me que o Bayern se assume como grande candidato a ganhar...tudo! Não acredito no Chelsea na Liga dos Campeões, nem nas outras equipas inglesas. Impressionante mesmo a exibição dos alemães, humilhando o Werder Bremen. Do Sevilha, vale a pena acompanhar tudo. Falta-lhes disputar ainda a supertaça europeia contra o Milão, estão quase na fase de grupos da LC e, com alguma experiência, tinham ganho o campeonato no ano passado. Foi pena. Se resistirem ao assédio sobre o Dani Alves e o Puerta, ficarão fortíssimos. Grande trabalho do Juande Ramos, um nome por certo a reter.

Abraço,

visconde disse...

Tá tudo dito e eu só acrescento: se Mancini fosse bom, teria ele perdido com o Sportem na Liga dos Campeões? Já viram melhor motivo do k esse para chicotear impiedosamente um treinador? Logo com o Sportem? Uma das piores equipas a participar na LC? O Inter merece melhor orientação. E com aquela equipa, até arrepia pensar no que Mourinho faria...

Anónimo disse...

http://www.voteyourteam.com/

Vamos elevar o nome do nosso Grande FC PORTO.

Votem agora, e 1 hora depois podem voltar a votar.

Mas votem mesmo.