20 de junho de 2007

O novo artilheiro

Edgar, em quem se depositam elevadas esperanças - e não estarei a exagerar - aqui numa compilação, dos seus tempos no Brasil. Vejam que vale a pena e sempre estarão a visualizar da mesma forma que muitos dirigentes decidem a compra de jogadores, através de dvd e videos enviados por empresários. Até o Fucile, segundo o próprio, veio para o Porto desta forma. Não será o caso de Edgar, com experiência no futebol luso. Se fossem vocês a decidir, baseados nestes breves minutos, o que fariam? Davam o aval à compra do Edgar?

5 comentários:

ricciardi disse...

Eu acho, e o video só aumenta essa ideia, que ele é um fabuloso reforço. Um diamante por lapidar. Um novo Mário Jardel.

danitri disse...

Será assim tão bom? É que Jardel tornou-se um mito, um goleador excepcional, quase único. Compará-lo não me parece de bom tom. My opinion...

Rui Teixeira disse...

Será, não será, eis a questão! Havia alguém que dizia algo parecido, na história, mas aqui também se aplica. Acho-o demasiado novo e com muito a provar, para poder sequer sonhar em ser um Jardel. Desde que marque uns golitos, já fico satisfeito.

Alberto Soares disse...

Mas este, com uns treinos e com mais alguma experiencia, também vai voar entre os centrais. Ai vai, vai, para nossa grande alegria.
Força Edgar!

futebolico disse...

Comprava! De caras. E tou à vontade porque nem sou portista, nem tenho que dizer amen a todas as cntratações. O miudo pode fazer jeito em várias ocasiões e, com alguma experiencia, fazer furor por essa Europa fora. A comparação com Jardel não me parece muito descabida.