24 de setembro de 2008

O futebol do Velho Continente...

Indiferentes ao cansaço que parece apenas afectar atletas do campeonato português, os principais campeonatos europeus continuam a todo o vapor. E com surpresas à mistura…

Inglaterra – O jogo grande da jornada, o Chelsea-Manchester, começou mal para os blues londrinos. Deco, no aquecimento, e Ricardo Carvalho, aos 10 minutos, foram baixas importantes na equipa de Scolari. Provando que um mal nunca vem só, os adeptos da casa viram o adversário adiantar-se no marcador, na 1ª parte, quando o domínio do jogo já era do campeão em título. Com Ronaldo no banco, os pupilos de Alex Ferguson controlaram as operações, não resistindo no entanto ao assédio final do Chelsea, que empataria aos 80 minutos, por Kalou. Continua a saga da invencibilidade caseira em Stamford Bridge, já no seu 84º jogo.

Aproveitando o deslize do vizinho citadino, o Arsenal de Wenger chegou ao topo da classificação. Tal como na época passada, é claramente a equipa que melhor trata o esférico, num futebol agradável à vista e letal na finalização. Com mais dois produtos da cantera no onze principal – Denilson e Alexander Song – os gunners marcam que se fartam. O Liverpool, jogando em casa com o Stoke City, empatou de forma surpreendente, encontrando pela frente um guarda-redes em forma sobrenatural. Sorensen viveu uma tarde de glória, defendendo tudo o que era arremessado contra a sua baliza. Chegando-se aos lugares cimeiros, e merecendo um olhar bem atento, o Aston Villa treinado por Martin O’Neill, ex-técnico do Celtic, com um potencial enorme, capaz de lutar por um lugar na Champions. Com uma demolidora dupla de ataque – Carew e o sub-21 inglês Agbonlahor – possuindo um meio campo com qualidade – Reo-Cocker, Gareth Barry e Petrov – e uma defesa coesa, os villans podem ser a surpresa da temporada. Surpresa, pela negativa, é o Tottenham, de Juande Ramos, o técnico que levou o Sevilha à glória, num humilhante último lugar da classificação, sem vitórias e depois de mais um orçamento generoso derretido em contratações.

Itália – E o Special One já levou, ao cabo de 3 jornadas, o seu inter ao topo da classificação, acompanhado pela Juventus. Nova vitória do Inter, no reduto do Torino, com as habituais características das equipas de Mourinho a sobressaírem. Adriano, carta fora do baralho no tempo de Mancini, parece ter readquirido nova vida com a chegada do técnico português. No Inter, neste início de temporada, tem-me impressionado o defesa-direito brasileiro, Maicon. Possante, com um sentido de marcação notável, apoiando o ataque amiúde, dá um verdadeiro recital de bem jogar, quase um compêndio do que deve ser um defesa lateral moderno.
O Milão lá venceu, de forma concludente, com Ronaldinho no banco, a Lázio, anterior líder, por 4-1.

Espanha – Jornada de redenção do Barcelona, esmagando a oposição do frágil Sporting de Gijon. 6-1, aumentando os índices de confiança dos blaugrana, após a vitória na Champions frente aos leões. Em grande também o Atlético de Madrid, onde Aguero desempenha um papel fulcral, estrela maior de uma equipa que continua a ter uma massa adepta fiel. Maniche, de volta aos bons velhos tempos, continua a somar pontos na luta pela titularidade. Não havendo Forlan, lesionado, apareceu como marcador de golos o cobiçado Sinama-Pongolle, o tal desejado por Rui Costa. A outra equipa de Madrid venceu também, fora de portas, no difícil reduto do Santander.

No resto da Europa, destaque para a humilhação caseira do Bayern, derrotado no seu Estádio por um concludente 5-2. O Werder Bremen, autor da proeza, aumentou o calvário de Klinsmann, a passar um mau bocado no comando da equipa bávara.

4 comentários:

Dragaoatento disse...

Paulo Pereira,informação bem elaborada...!

Inglaterra – O jogo grande da jornada, o Chelsea-Manchester, começou mal para os blues londrinos.
Tb vi pela SportTV1 parte do jogo do Chelsea vs Manchester United.E quero confessar que aquilo que me chamou mais a atenção,foi o ritmo infernal com que a bola era disputada!Pelo menos nos primeiros minutos de jogo,não havia tempo para respirar.Não era bola passada ao primeiro toque,era bola tabelada imediatamente,e,sempre na tentativa de metê-la com precisão no colega mais próximo!Fantástico!
*****
Bem Paulo Pereira,relativamente ao Bolatti registo o nosso desacordo,tens a tua opinião,eu tenho a minha que por sinal é totalmente contrária.Continuo a afirmar,por aquilo que pude apreciar dos jogos em que o vi em acção,que o Bolatti tem categoria, é tècnicamente evoluido, descomplexado,experiente,tem capacidade de choque,muito importante no futebol moderno actual,e,é possante.O único senão que consegui vislumbrar nas actuações dele,foi a falta de entrosamento e alguma inadaptação aos processos da equipa.
Acho piada áqueles que se fartam de criticar o Bolatti não lhe atribuindo categoria,e não lhe dando hipótese de progredir nesta equipa do FCP! Em contra partida estão predispostos a esperar que o Fernando amadureça!
Será que não vimos o mesmo jogo?!O Fernando que no jogo com o Rio Ave,por diversas vezes se atrapalhou com a bola,chegando mesmo a perder o controle dela e por via disso era constantemente desarmado pelos adversários.Eh pá!Demonstrou uma insegurança confrangedora na recepção da bola e nos passes!Como podem vocês advogar a manutenção deste jogador para já na equipa?!Não concordo!Na minha opinião,para já,não tem categoria para representar a equipa do FC Porto.Até aceito que venha a ter,neste momento não tem.E ponto final como tu dizes.E não sou só eu a dizê-lo,muitos dos portistas que comentaram no Bibó-Porto,manifestaram opinião idêntica à minha,sobre a prestação do Fernando no jogo com o Rio Ave.
Mais!Segundo sei,contrariamente ao que acham certos especialistas de bancada,o Maradona já teceu rasgados elogios ao Bolatti.Não me venham dizer agora que a opinião deste mestre,ex-astro do futebol mundial,não conta!Que está equivocado!!!
Quem está equivocado,são todos aqueles que têm preconceitos contra o homem!Tenho a certeza que se o Bolatti sair do FC Porto,brilhará inexoràvelmente no clube para onde for.
E mais não digo.

Abraço

dragao vila pouca disse...

Obrigado estou completamente esclarecido.
Já agora mais uma sugestão: o futebol francês também pode fazer parte do catálogo?
Um abraço

AZUL DRAGÃO disse...

Paulo :

Vi o Chelsea-Manchester.
Acho que o resultado (1-1)
foi justo.


Abraço

planetaportugal disse...

Olá Companheiro do Mundo Azul e Branco

Sou o Moderador do FC Porto PlanetaPortugal.com
( http://fcporto.planetaportugal.com ).
Venho por este meio informá-los que já está disponível um quadro com as últimas notícias em tempo real do FC Porto assim como um quadro de cotações da Porto SAD, gratuitamente para colocarem nos vossos blogs.
Podem encontrar e ver a demo no endereço:
http://fcporto.planetaportugal.com/multimedia/banners.html

Um abraço
moderador@fcporto.planetaportugal.com
http://fcporto.planetaportugal.com