2 de outubro de 2007

Lá por fora - a bola é redonda...mas rola melhor

Análise dos resultados

4-1, 7-4, 8-1, 3-3, 6-1… foi um fim-de-semana cheio de golos e de grandes espectáculos! Um fim-de-semana que serviu para alguns treinadores aliviarem a pressão do chamado fantasma Mourinho! Vejamos então com mais pormenor:

Espanha: O Barcelona (onde o fantasma Mourinho pende sobre o pescoço de Rijkaard), os principais candidatos cumpriram os serviços mínimos e ganharam os respectivos encontros. A excepção aos serviços mínimos foi mesmo o Barcelona que goleou o Getafe por 1-4. De assinalar a exibição de Tierry Henry e (mais uma vez) de Messi! O Barça está a jogar bem e com um Messi nesta forma, bem se podem dar ao luxo de vender Ronaldinho ao Chelsea! Quem não cumpriu de todo, foi o Sevilha, que a atravessar uma fase terrível, somou mais uma derrota, desta vez ante o Zaragoza. O Atlético de Madrid, agora que eu deixei de apostar neles, voltou a ganhar! 2 Vitórias seguidas para o Campeonato são um luxo para Simão, Maniche e Companhia! De registar a vitória do Bétis de Ricardo e mais uma derrota do Huelva (de Beto e Carlos Martins). Quem também perdeu foi o Deportivo da Corunha! Depois da descida do Celta a carreira do Corunha esta época não augura nada de bom para o futebol Galego.

Itália: Mancini parece estar um pouco mais a salvo de Mourinho, depois da vitória do seu Inter no terreno da Roma (1-4) – É certo que beneficiaram da expulsão de Guily antes da passagem da meia hora, mas 4 golos não deixam margem para dúvidas. E já alcançaram o topo da classificação! Quem está pior é o AC Milan, onde estão já marcadas reuniões entre Galliani e Ancelotti para discutir os resultados e a forma da equipa. Bom, mas se não o despediram depois de perder uma Champions em 45 minutos, também não deve ser desta… A menos que cedam à tentação Mourinho. Destaque também para a Juventus que venceu o derby de Turim no ultimo minuto, num jogo que foi bastante quente fora das 4 linhas e que teve um final verdadeiramente emocionante!

Alemanha: Aqui foi onde aconteceu o resultado mais desnivelado da semana! 8-1 foi quanto o Werder Bremen aplicou ao Arminia… Num jogo em que Hugo Almeida marcou por 2 vezes (para quando a titularidade na Selecção Nacional?). Quem também venceu, mas apenas por 1-0 foi o Bayern na deslocação a Leverkusen. No lado das surpresas, alinharam o Estugarda (derrota 2-1 com o Hansa, o que se passa com o campeão?) e o Borussia Dortmund (3-1 do Karlsruhe). Com estes resultados, a vantagem do Bayern é cada vez mais folgada.

França: Um fim-de-semana apenas com 2 jogos da 1ª divisão, com o Lyon a demonstrar que está a regressar à forma habitual aplicando 3-0 ao Lens.

Holanda: Na terra do futebol total, onde a maior parte não sabe o que é defender, o Ajax brindou o VVV Venlo com 6-1 (+ 1 golo de Huntelaar). O PSV que tão boa conta de si tinha dado na semana passada empatou fora (1-1 com o NAC Breda), mas o AZ fez ainda pior, tendo perdido com o Heracles por 2-1. O Feyenoord recebeu e venceu o Heerenveen (2-0).

Inglaterra: 7-4 (!!!) foi o resultado do Portsmouth – Reading. Certamente um jogo fantástico e do qual tão cedo os adeptos de ambas as equipas não se irão esquecer!
Quem também não se esquecerá tão cedo é Avram Grant (o Normal One), mas dos cânticos que Stamford Bridge dedicou ao Special One. A máfia judaico-holandesa não sabe bem onde é que se meteu… e o Fulham até poderia ter piorado ainda mais as coisas, se tivessem concretizado a oportunidade flagrante de que dispuseram mesmo à beira do fim da partida! Agora só voltam a jogar em casa para o campeonato a 27 de Outubro, quando receberem o Manchester City – veremos se ainda com o Normal One sentado no banco. Alguém arrisca um prognóstico para a deslocação a Valência na próxima 4ª feira? A realidade é que já estão num impensável OITAVO lugar, a 7 pontos do líder Arsenal que ainda por cima tem menos um jogo!!!!
Arsenal esse que continua na sua senda de bons resultados, vencendo o West Ham num derby Londrino sempre de muita emotividade. Quem também venceu foram os dois clubes de Manchester, com Ronaldo a dar o golo da vitória ao United e Erickson a guiar o City numa fantástica reviravolta (3-1) frente ao Newcastle! O Liverpool também cumpriu os serviços mínimos, derrotando o Wigan por 1-0.

Por fim, e já um pouco fora de tempo, queria deixar o meu agradecimento aos LOBOS, que tão bem nos representaram no Mundial de Rugby! Mesmo não tendo ganho, fomos certamente uma das selecções com maior destaque na competição, lutámos, demos o que tínhamos e o que não tínhamos. Não chegou, paciência, no futuro faremos ainda melhor, certamente! Espero só que na preparação da selecção lhes mostrem alguns minutos destes jogos, para as nossas donzelas perceberem o que é jogar com garra e determinação! É que o Euro está ao virar da esquina e nós estamos a ficar cada vez mais longe!

Até à próxima semana!

3 comentários:

joão torgal disse...

Impressionante, como sempre, o campeonato inglês, com golos com fartura, belos espectáculos e estádios cheios. Não me canso de ve-los jogar. Vi o Manchester City/Newcastle e fiquei saciado. Grande jogo, belas equipas e lances de futebol magnífico. Assim vale a pena ir ao estádio.
Em Espanha, pelo que li, o Real teve uma sorte incrível, com mais um golo irregular a manter o Schuster no lugar.

Abraço,

Paulo Pereira disse...

João,

Concordo por inteiro consigo. Não me canso e ver o futebol inglês. Sábados à tarde é a minha religião. O City está a fazer um belo campeonato, tal como o Newcastle e aqui ía para escrever o Aston Villa. 60 milhões gastos em reforços, no espaço de 1 ano, dão para o Aston poder chegar-se à frente mas...aquele empate de ontem não lembra a ninguém, depois de estar a vencer por 4-1, na 2ª parte. Serviu apenas para salvar o "dead man walking", incapaz de travar o desastroso início de época dos spurs.

Em Espanha, o Real, pela 3ª vez, tem benefícios directos da arbitragem. Ao contrário do k pensa o Pedro, axo k as portas de Nou Camp estão encerradas para o Special One. Demasiados anti-corpos criados nos últimos embates, ainda bem vivos nas recordações dos culés. Não me parece k seja esse o destino, nem Milão, pois como o Pedro diz, se o Ancelotti, depois de perder 2 campeonatos e uma Champions, qd estava a vencer 3-0 ao intervalo, não levou guia de marcha, não será agora. Mas seria bem feito, pk me lixaram fortemente nas apostas...

Continuo a dizer: Huntelaar valia a pena o esforço financeiro, pelo Porto, ou o Afonso Alves. Caros, mas mortíferos, sobretudo o avançado do Ajax. Assim, contentamo-nos com o Farias e já vamos "bem " servidos...

Abraço,

Nelson Gonçalves disse...

Mortífero. É assim k se pode designar o Trezeguet. Num derby, com duas equipas cujos adeptos não se gramam, marcar aos 93!!!!é obra. K azia os adeptos do Torino devem ter ficado. Este sim, é um avançado k vale 50 milhões, sr. Abramovich. Este e não esse ucraniano espião k cada vez joga menos. É como dizes, Pedro, axo k a máfia lá do sitio, k levou à saída do Mourinho, se vai arrepender amargamente.

Abraço,