12 de junho de 2007

O Eixo do Mal


A notícia foi avançada, na abertura do telejornal, pela TVI, como se fosse o furo do século. Logo de seguida, quais abutres ávidos de desgraça, os restantes pasquins, sem conseguirem esconder o gáudio que sentiam, titulavam: “Pinto da Costa acusado de corrupção”.
Sinceramente, não consigo perceber onde é que está a novidade, capaz de provocar tamanho alvoroço. Já se sabia que era uma questão de tempo. Desde que a super heroína, a louvada e endeusada Maria José Morgado foi encarregue de fazer progredir o caso Apito Dourado. E avançar, nesta situação, quando um País inteiro pede a cabeça (ai esse ódio que os mata aos poucos) só podia ter este resultado. Não interessa que seja ridículo. Sim, e ridículo é um eufemismo. O Porto-Estrela da Amadora? Estão a brincar comigo? Um Porto de Mourinho, a uma semana de ser CAMPEÃO EUROPEU, perante um adversário despromovido, necessitava de corromper alguém?
Mas nesta Justiça e neste País nada me espanta. Escutas de uns, a escolher árbitros, são rapidamente esquecidas, consideradas meras questões colaterais, enquanto os outros sofrem linchamentos em público.
Ficamos assim a saber que o Porto de Mourinho, essa super-equipa, comandada por um genial treinador, era fajuta. Isso mesmo. Mourinho era um treinador medíocre, pois, ao que parece, os seus êxitos estão maculados. Só começou a ser bom quando emigrou para Inglaterra, após meia dúzia de chás das 5. E aqueles jogadores brilhantes: Deco, Ricado Cravalho, McCarthy, Maniche, Costinha, eram afinal jogadores banais, que apenas venciam por obra e graça do Homem do Apito. Logicamente que, nesta cabala, ficam muitas peças por explicar, que estão atravessadas nas gargantas de muitos: a Taça UEFA (foi da fruta, foi), a Liga dos Campeões (tanta azia que anda por aí, à custa disto), a Taça Intercontinental (milhões só a conhecem por verem um capitão portista a empunhá-la) e muitas outras coisas.


Estivemos sempre, e isso é notório, em inferioridade de meios. Vale tudo para destruir o Porto. Não tenhamos dúvidas: a macacada usa as armas todas que tem. Coacção, chantagem, pressão, numa tentativa desesperada de destruir o inimigo incómodo. Contudo, parece-me que se estão a esquecer do mais básico: a presunção de inocência. E, já agora, quero vê-los a provar esta idiotice.

Ps1: Alguns amigos meus, numa fingida preocupação, perguntaram, naquele tom compungido de canastrão amador: “Como é que estás?”. Seria fastidioso debitar o mesmo discurso a todos. Mandei-os da uma volta. Até aqui. Estou bem. Continuo a ser um convicto portista, transbordante de orgulho na sua equipa, idolatrando sempre essa figura mítica: PINTO DA COSTA. E, como portista, fruto de herança familiar, não há nada como fazer aquilo que é inato. Andar de cabeça erguida. Não tememos ninguém, nada devemos a alguém. Não temos ex-presidentes presos, não temos presidentes cadastrados, não temos administradores com dívidas fiscais, bens penhorados ou off-shores duvidosas. Vencemos campeonatos compulsivamente. Sim, disso somos culpados. De querer sempre mais. Sofregamente. Mas não sonegamos certidões fiscais, não falsificamos documentação das Finanças, nem alteramos locais de jogos, só para vencer a todo o preço. Não, nada disso. Os nossos triunfos (e são tantos) são moldados no sacrifício, numa mística única, sentida, que aquece os nossos corações. Uma comunhão de espírito, de empatia inata, que nos transforma em mais do que num mero clube de futebol. Que raio. SOMOS O FC PORTO. E, apesar de as trevas avançarem na nossa direcção, fazemos como os famosos gauleses, imortalizados pela pena de Goscinny: lutamos, sem medo de ninguém. E, sinceramente, até somos melhores do que Asterix e Cª. Não precisamos da poção mágica de Panoramix para derrotar estes merdas! O Eixo do Mal, como lhe chamaria Bush, está vivo e ao ataque. Mas desenganem-se. Não somos uma Nação indefesa. Não nos abatem. Não nos levam a melhor.

12 comentários:

Paulo Grave disse...

Tás sempre m cima do acontecimento. Mas tu dormes?:)
Essa é que é a resposta. Eles bem que tentam, de todas as formas, pois não conseguem suportar a verdade: SOMOS MELHORES DO QUE ELES!

Nelson Gonçalves disse...

Já se esperava, é certo, mas também achava que haveria bom senso. O Porto-Amadora? E com o testemunho da Carolina Salgado? Anda tudo louco, ou alguem anda a prestar fretes aos poderosos?
Podem tentar, pois devem andar tão aziados que até dói, mas não nos destroem. ALLEZ, PORTO ALLEZ!

Quintino disse...

Nada de novo, como escreveu ainda esta semana o Jorge Maia, no Jogo. Já se sabia que o PC teria que ser acusado, para satisfazer a turba. Falta é o resto, conseguirem provar alguma coisa, que não seja saida da mente delirante da Carolina. O melhor tónico é continuar a ganhar. É isso que os mata, continuarem a assistir às nossas vitórias.

André Leitão disse...

A Justiça, que deve ser cega e não ceder a pressões, decidirá agora. Não sou daqueles fundamentalistas, pois o que for decidido, para o bem e para o mal, será aceite como decisão justa.

Um abraço,

Estilhaço disse...

Viva Paulo.
Quem escreve assim ñ é gago e é como tu dizes no post, a oeste, melhor, a sul nada de novo ou parafraseando um jornalista que admiro muito, apenas mais um 'rato da montanha que os pariu'.

Dirão os mais crentes, famintos de qualquer tipo de vitória, que afinal a diarreia oral do orelhas sempre faz efeito.
Pois, acreditem no Pai Natal.

O poBo cá do Bairro é sereno e acredita que estes timings ñ passam de pura coincidência pois para alguém que tanta merda vomita diariamente,terá que, mais tarde ou mais cedo, cheirar mal.

Há que acreditar na justiça SEMPRE e não apenas quando nos faz jeito.
Vamos agora a provas e que se esclareça tudo.

E para aqueles que tem dúvidas na legalidade das escutas telefónicas não se esqueçam de 'O João...O João pode vir'.

Lucho disse...

Mesmo sem qualquer ónus de prova, sem qualquer prova de o jogo em causa ter sido deturpado (anularam um golo limpo a McCarthy), a ideia é sujar o nome do Porto, quanto mais tempo melhor, mesmo sabendo que isto não tem pernas para andar...
Na fantástica cidade do Porto vive um povo que não verga, um clube que não desiste e um orgulho que pode ser combatido... MAS NUNCA DERRUBADO!!!

tripeiro com orgulho disse...

O que mais me surpreende é o à vontade com que David Borges, o anti-portista mais primário que conheço, disse " ...o país estava à espera disto...". Mas, então lá por Marrocos já sabiam desta acusação? E foi só isto que arranjaram!!
Agora percebo as palavras do Luis quando disse que o apito dourado iria estar resolvido antes da época começar.
Portistas preparem-se...isto ainda vai piorar, segundo alguem bufou a Liga está a preparar algo bem ior para o nosso clube...

estilhaço disse...

Mas isto não pode ser novidade para ninguém.
Todos os sinais estavam lá.
Com o fundamento de existirem novas provas ??? livro/declarações da creolina (daí o interesse
do patrocínio dos e das merdas do costume) o processo teria que ser reaberto.
Agora deverá passar-se (corrigam-me se estiver enganado) ao que eles chamam de fase instrutória
onde se tentará desmantelar as provas apresentadas pelo ministério público (segundo li isto não será
muito difícil de fazer).
Só depois o tribunal decidirá via 'despacho de pronúncia' se há ou não julgamento.

Entretanto a (des)comunicação social de cores berrantes já adiantou até as possíveis penas em termos desportivos.
Caso a verdade desportiva tenha sido desvirtuada descida de divisão.
Tentativa de corrupção subtracção de 3 pontos e derrota no jogo em questão.

Penso estar ainda pendente o caso do Beira-Mar - Porto que deverá levar o mesmo rumo que este.

O MP afirma que 'o propósito de beneficiar um clube, através da violação das leis do jogo e a troco
de contrapartidas, preenche os elementos do crime, independentemente do resultado do jogo.'
As violações das leis do jogo aparentam não existir como se pode deduzir na peritagem dos gurus da
arbitragem. Quanto ás contrapartidas a história é outra e terão que ser os gurus da advocacia a
pronunciarem-se.
Poderão talvez utilizar o caso do Sr. Howard King :-)
Claro que aqui é berrante a dualidade da apreciação para situações semelhantes no respeitante à
utilização de acompanhantes e nas escutas telefónicas.
Quem estiver inocente que atire a primeira pedra.

Realço mais 2 pontos:
+ O timing da decisão. Não creio que tenha sido propositada mas o facto de ter sido efectuado após o final
da liga fica bastante bem.

- A famosa celeridade pedida pelos e pelas merdas de costume. Não acredito nestas vontades pois,
quanto mais tempo a suspeição estiver no ar melhor para eles. Podem sempre ir buscar a treta do apito
para justificar os fracassos dentro dos campos.
E imaginem até que que se resolvia o caso sem ida a tribunal antes do fim do ano.
Lá ia a bilheteira do famoso filme ''negro, ao estilo dos policiais americanos dos anos 40' mas aonde não
deve existir a personagem do famoso 'O João...O João pode vir' pois não havia ainda, nessa altura (anos 40),
telemóveis'' por água abaixo. Ou talvez não, sempre poderiam pedir um subsidiozito em nome da grandiosidade
da maior instituição do país.

sr_antonio disse...

Paulo Pereira, post esclarecido e com uma pitada de ironia... gostei... parabéns!! Quanto ao apito não acredito que a liga tenho o desplante de tomar alguma atitude sem esperar pela decisão judicial

blue boy disse...

Boas Paulo Pereira,
Antes de mais, o meu agradecimento pessoal por teres aceite o meu/nosso repto aqui lançado... e que post, carago!
Na verdade, tocas em pontos claramente em que estamos todos em sintonia... não importa a verdade, não importa a defesa, não importa nada... apenas e tão só, humilhar o nosso FC Porto, achincalhar as nossas raízes e tentar, quiçá, virar-nos contra nós próprios.
Bem, mas «quão burros eles são; todos eles»... ao fim de tantas décadas, ainda não perceberam que é essa a nossa virtude, o nosso orgulho, a nossa paixão: quanto mais nos odeiam, mais os enfrentamos! quanto mais nos atacam, mais nos agregamos! quanto mais nos humilham, mais razão nos dão para continuar a vencer!
Eles não percebem isso... de tão burros que são!
Por mim, bem podem continuar com estas afrontas... é bom sinal! é sinal que continuamos a vencer! é sinal que somos melhores! é sinal que nos invejam! é sinal que reconhecem a nossa superioridade!
O Lucho disse há pouco e bem: Na fantástica cidade do Porto vive um povo que não verga, um clube que não desiste e um orgulho que pode ser combatido... MAS NUNCA DERRUBADO!!!
Pobres coitados, pobres tristes, pobres hipócritas... e lá vivem eles alegremente na sua pele de mentecaptos crónicos!
Bem, tb tu estás já a «votos»... aguardemos pela decisão do supremo Dragão ;-P
aKeLe aBrAçO,
http://bibo-porto-carago.blogspot.com/

RCBC disse...

Talvez seria elucidativo para todas as pessoas, mesmo aquelas cujo nível de inteligência é muito reduzido,a rtp memória(ou a sporttv) voltar a transmitir o referido jogo entre o FCPorto e o Estrela da Amadora para toda a gente, de uma vez por todas,ver que naquele jogo se alguém foi prejudicado, esse alguém foi o FCPorto...
Aliás, se naquele jogo houvessem erros a favor do FCPorto, a comunicação social não parava de os evocar mas como não houve nem sequer há a decência de mostrar muitas imagens televisivas desse jogo...enfim, fica tudo bem abafadinho à moda do antigo regime, aquele em que o clube do Orelhudo de Merda ganhava tudo...

azul dragão disse...

Este senhor Paulo Pereira ...é SÉNIOR !

Grande aquisição para a nova temporada !

PAULO :

PARABÉNS !
Ficamos a aguardar, ansiosamente , as tuas opiniões