23 de junho de 2007

Há escutas e escutas...


Alertado por um amigo, corri ontem a comprar o "Correio da Manhã". Só mesmo um acontecimento fora do normal me faria gastar 1 € num jornal do grupo Cofina, também detentor desse pasquim chamado Record. Mas pronto, mentalizei-me, era por uma boa causa. Sem grande alarido, numa das páginas interiores e sem nenhum destaque dado à notícia, atentem na seguinte pérola:
Veiga: " Sr. presidente, está ocupado? Fala Veiga (...) era um favorzinho...Como você é muito amigo...a ver se lhe podia dar uma chamadinha, para ver se corre bem...(...) É contra o União da Madeira, mas nunca se sabe".
João Rodrigues: "Nomeie o Devesa Neto que o acalma logo (Pinto de Sousa queixava-se de que Vieira estava zangado)."
Pergunto eu, que sou um tipo ingénuo, mas isto não pressupõe nenhum tipo de promiscuidade? Isto não bastará para se mandar abrir um inquérito de averiguação? Não poderão ser indícios claros de corrupção activa, passiva ou lá qualquer coisa? Ou, expliquem-me lá como se eu fosse muito loura, é necessário falar de fruta e cafézinho com leite para se ser arguido no Processo Apito Dourado? Mas ainda há mais...
Pinto de Sousa: "Eu precisava de uma ajudinha. Amanhã, ao meio-dia, tenho de escolher os árbitros internacionais para a Taça. Precisava de dois nomes de árbitros que o Benfica considerasse."
João Rodrigues: "Eu vou ligar ao Luis Filipe Vieira. Já lhe digo."
Continuo a ser muito loura, ou um estereotipo do rapazinho inocente, que nada percebe disto. Mas digam-me lá, como é que ninguém na Procuraria, com escutas telefónicas onde aparecem o Orelhas e o seu cão de fila, o Veiga, a escolher, a coagir, a solicitar árbitros, achou relevante colocar sobre escuta os dois indivíduos? Só por escutas a terceiros, neste caso a João Rodrigues e Pinto de Sousa, é que se ficou a saber, mais uma vez, que o BENFICA também escolhe árbitros. Sem pudor. Mas acham que isto vai dar alguma coisa? Não se preocupem a responder, é meramente retórica. A resposta já foi dada. A abertura de telejornais com nova acusação contra...Pinto da Costa! O timing escolhido não é inocente, nem mera coincidência. Avança-se, com toda a pompa e circunstância devida, com a notícia, fazendo cair no esquecimento estas escutas. Eles não são parvos, claro que não. Mas, a partir de agora, podem meter no sitio que quiserem o discurso sobre transparência no futebol português. Já vimos de que género de transparência fala o Benfica e o seu presidente...

14 comentários:

blue dragon disse...

Olha, olha, esta eu não sabia. Por aqui é que se percebe bem a palhaçada completa do Apito Dourado. Uma vergonha e claramente uma perseguição. Como é que alguns escolhem os árbitros impunemente e ainda andam por aí, vangloriando-se da sua honestidade? Corruptos, é o que eles são...

Jorge Silva disse...

Tás na vanguarda da defesa do nosso bom nome. E assim é que é. Belo trabalho, pois importa não deixar cair isto no esquecimento. Como bem dizes, criaram logo outra notícia para as aberturas dos telejornais e manchetes, e assim, mais uma vez, isto passa ao lado de muita gente. É uma vergonha e dá uma raiva tremenda. Mais do que corruptos, estes gajos tentam é linxar-nos na praça pública. Esse é o grande objectivo.

Tiago Pimentel disse...

Nada de novo, Paulo. Já sabemos o que a casa gasta. A impoluta Maria José Morgado já está bem industriada. Só é acusado quem ela quer. Aqui existem indicios mais do que claros de que Vieira e Veiga escolhem, a seu bel-prazer, árbitros - até para o UNIÃO DA MADEIRA - e nada lhes acontece. Uma República das bananas, é o que é.

André leitão disse...

De fazer corar de vergonha quem ainda acredita na justiça deste País. Mas estamos a pregar sozinhos no deserto. É tudo a mesma merda: procuradoria, maria jose morgado e afins. Eles não querem melhorar o futebol portugues, nem erradicar a corrupção. Querem é voltar a um tempo em que o presidente do ben fica mandava a seu bel-prazer. A décadas passadas e, pensava eu, já cobertas de vergonha. Mas não. Querem ressuscitar o passado. E assim, com estas armas todas, são bem capazes de conseguir. Corruptos!

ultras mentalitá disse...

Boa! Há que chamá-los como eles merecem: CORRUPTOS! Verdadeiros FILHOS DA PUTA! E englobo ai a vaca da Maria José Morgado e esses pretensos defensores da justiça que só nos querem é FODER. Até contra o União da Madeira precisam de arbitragem favorável. Uma VERGONHA NACIONAL!!!!!!!!!!!!!!!!

Paulo Grave disse...

Mai nada! Há que denunciar estas coisas. Parece que estamos sozinhos, pois os jornais e televisões pouco ligam a estes "pormenores". Pudera, estão habituados, desde à décadas atrás, à forma como o benfica ganhava campeonatos. E agora querem, de qualquer forma, reviver eses tempos. Vale tudo!

Estilhaço disse...

E se repararam bem é fácil de notar que a notícia da página principal vinha até bem disfarçada no lado superior direito, com o destaque central em letras garrafais do PC.

Sem qualquer tipo de publicidade podem ver o recorte das notícias em imagens no blog http://www.souportistacomorgulho.blogspot.com/

Manuel António disse...

É a palhaçada total e o desnorte na Justiça. Querem afastar-nos, como abutres que são, para depois se banquetearem, dividindo os bocados, como antigamente. O Record hoje até diz que o Camacho pode ser campeão, retirando o título ao Porto. Meu Deus, ao que esta gente chega...
Enquanto isso, os cabrões do SLB fazem o que se vê...ou ouve, neste caso. Até para um jogo contra o União precisam de controlar e escolher. E dizem-se eles grandes!

Pedro Vagos disse...

Se vocês não sabem, eu esclareço-vos a ignorância:
Conforme foi confirmado pelo Jorge Coroado, é, ou antes, era normal nos jogos da taça de portugal, não sei a partir de que fase, que fossem os clubes participantes a indicar 2 àrbitros para que depois a federação escolhesse qual o nomeado. O que falta na notícia, parcial como de costume, é que estas perguntas também foram feitas ao presidente do Belenenses, que era o adversário do referido jogo. Não é muito correcto este procedimento? De facto não, mas era o que se utilizava à data.

É um pouco diferente de escolher àrbitros para os jogos do campeonato... mas só um pouco.

Paulo Pereira disse...

Bem, a minha amizade pelo Pedro (sim, eu penitencio-me. Tenho amigos benfiquistas) impede-me de ser contundente. Vou então tentar explicar, de forma pedagógica, o que acho da notica e do meu artigo que, ao contrário de bocas foleiras, não é parcial.
Parcial é a Justiça, até ao momento. As escutas de uns dão direito a processos de investigação, acusações e afins. As de outros têm sempre algo que serve de desculpas. Vamos por partes: não basta a douta palavra de Jorge Coroado para legitimar e tornar lei as escolhas de árbitros. Isso é promiscuidade. Depois, nenhuma destas chamadas é sobre isso. É sobre falta de pudor, amoralidade num estado agudo e, fundamentalmente, de total impunidade. Até contra o União da Madeira precisam de assegurar o resultado???
Não nos podemos esquecer, como é óbvio, que em relação a dirigentes do Benfica, isto é apenas a pontinha do icebergue. Eles, seres aparentemente impolutos, não são alvo de escutas. Imagino o que apareceria, se fossem. Não me atirem areia para os olhos. Esta gente, como já provou, quer ganhar, a todo o custo. Desvirtuam-se resultados, não só através de chamadas, mas de mudanças de campo. Exemplos de quem manda:
"LFV - O João... Pode vir o João. Agora o que eu queria... (...)

Querem outro?
"LFV - "Oh major, eu não quero nem me tenho chateado com isto, porque eu estou a fazer isto por outro lado."

Mais um pouco?
"LFV - Eu não quero entrar mais em esquemas nem falar muito... (...)"

Não quero mais??? Porque? É costume entrar em esquemas?

Quem profere isto,
"" Sr. presidente, está ocupado? Fala Veiga (...) era um favorzinho...Como você é muito amigo...a ver se lhe podia dar uma chamadinha, para ver se corre bem...(...) É contra o União da Madeira, mas nunca se sabe".

É corrupção. Chamem-lhe o que quiserem, usem os paliativos que preferirem. A unica diferença - e que diferença - é a mesma de décadas passadas. A Justiça não é isenta...

jose silva pereira disse...

Pode até ser teu amigo, mas é parvinho como tudo. Ou então, quer fazer dos outros parvos. Ó caramelo, isto são as tradicionais chamadas a que o Coroado fazia referência? Ai são? Escolhem árbitros a granel, recusam quem acham que pode ser isento, e o que fazem é normal? Deves ser mesmo totozinho...ou isso, ou tens séria dificuldade em digerir a realidade. Uma escória, é o que vocês são...
Escolhem árbitros, controlam jornais, conluiam com SAD's controladas pelo Veiga para mudarem jogos para o Algarve, ganham campeonatos à pala do Calabote, e ainda se arvoram em anjinhos?
Vai pastar....

fl disse...

Acho uma piada a estes galináceos que vêm comentar aos blogues do PORTO. E arvorados de razão, o que é mais impressionante. Não sei se me ria com a aparente ingenuidade do rapazinho, ou se fique pesaroso pela doença mental de que padece. Existe alguém que possa, ainda, achar que o benfica não está implicado nesta merda? Nem com estas escutas? O que será que vais inventar a seguir, na próxima? Uma patética argumentação como essa :ah, e tal, o Jorge Coroado disse..."? Pois, o gajo disse, tá dito. Podem escolher à vontade. Deviam era ter vergonha. O Calabote foi irradiado, mas e o corruptor, o que lhe aconteceu? Ou a questão, bem gravosa, das certidões fiscais, que comprovariam a ausencia de dividas? Pois, lá está, o Farense foi parar à segunda por causa disso, mas a voces bastou uma jantarada com o Barroso, um apoio ao PSD e um regime de excepção, que englobou a penhora de uma acções que não valiam uma merda e safaram-se. Isto é que é impunidade. Prevaricam, porque sabem que nada lhes acontece. Vai dar lições de moral pro caralho!!!

Dragão Azul disse...

Paulo, a transparência apregoada é apenas e só show-off. Sabemos, e ele sabe, e os benfiquistas sabem, como foi conquistado o passado, que eles chamam, de glorioso. Assim, com uma relação promiscua com o poder, sabendo que, fizessem o que fizessem, nada os atingia. Pensei que, findas aquelas longinquas décadas, estariamos livres disso. Pelosvistos, não. As escutas são o exemplo notório da falta de isenção da justiça, ainda manobrada na sombra por personagens afectas ao clube da luz. Espantoso é o grau de ingenuidade dos seguidores do benfica, sempre prontos a defenderem o indefensável. Agora, até vem com uma teoria de que será licito escolher árbitros para os jogos da Taça. Quem disse? Jorge Coroado! Ah, pronto, deveriamos nós, adeptos portistas, dizer. Como se essa argumentação convencesse alguém. Continuo a acreditar que, apesar de estarem a tentarem derrubar-nos, eles cairão primeiro.

Estilhaço disse...

Ó Paulo, a tua amizade pelo Pedro eu posso entender.
Agora vê lá bem o que ele disse:
'Não é muito correcto este procedimento? De facto não, mas era o que se utilizava à data.'

Provavelmente tb. utiliza esta desculpa no caso do Sr. King, não ?

Será que a aceitava da parte do Sr. Pinto da Costa ?